quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Salvador Dalí, a genialidade de suas jóias - Designer de Jóias Rogerio Rinaldi

Famoso mundialmente como o grande mestre do surrealismo, Salvador Dalí foi um designer de jóias pouco conhecido. Artista de múltiplas faces ele não resistiu ao fascínio do mundo das gemas e metais. Assim como Cellini e Boticellique criaram gemas para decoração, cálices, jóias e outros ornamentos,Dali também expressou seu talento fora das telas e deoxou um verdadeiro legado á joalheria.
Desde 2001 ,esse tesouro finalmente está ao alcance deos olhos do grande público.Depois de pertencer a instituições privadas e magnatas, e após muita luta e negociações intensas, a fundação Gala  - Salvador Dalí , criada pelo próprio pintor em 1983, conseguiu readquirir todas ass peças da coleção.Desde então as raridades estão em exposição permanente no museu que leva o nome do artista,onde agora seus fãs e os amantes da joalheria podem apreciar a irreverência e a genialidade dessas criações.
Foto do Museu Gala Salvador Dali 

Nascido na Catalunha, na cidade de Figueiras,em 11 de maio de 1904, filho de um tabelião de classe média, Salvador Dalí se transformou num dos pintores mais conceituados do século XX.Seu método crítico-paranóico ficou famoso,ao lidar com interpretações de sonhos e associações irracionais.Neuroses infantis e temas sexuais o perseguiam. Suas obras buscavam a utilização direta do inconsciente, através dos sonhos.Apesar desse  irracionalismo e do gosto pelo fantastico, suas criações seguiam um rigor acadêmico evidente. Seus quadros, apesar de todas as loucuras, tinham uma precisão praticamente fotográfica.Mas eram , claro, uma fotografia do absurdo.
Seu interesse pelas jóias nasceu quando migrou para os Estados Unidos, em 1940.Nessa icasião, o pintor conheceu Ertmany Alemanydois renomasos joalheiros de Nova Yorquee se apixonou pela idéia de interpretar sua arte através das jóias.

Lábios de Rubi
Peça de 1949,em ouro amarelo 18k,rubis naturais(corindon)lapidação mista9redonda e oval),diâmetro de 2,0 4,0 e 6,0 mm.
3,2 X 4,8 X 1,5 cm
Dessa aproximação com os joalheiros nasceu uma parceria que culminou numa coleção de jóias surpeendente.Para Dali, sua arte não limitava-se à pintura,mas tambem abrangia a física, a matemática, a arquitetura, a ciência nuclear , a psique-nucleare as jóias . Através de suas peças, queria mostrar que o desenho e o trabalho artesanalestavam acima do valor material das pedras preciosas e do ouro,tal como era feito no Renascimento.

O olho do tempo
Relógio de 1949, de formato irregurar , platina,rubi natural,diamantes em lapidação baguete(retangular)e lapidação brilahnte(redondo),com diâmetro aproximado de 8/8, de 0,5 a 3,5 mm. Esmaltação no dial,Mecanismo Movado 50sp    4 x 6x 1,7 cm
A relação entre o espírito e a matéria, o espaço e o tempo,e um certo ar arquitetónico,estão sempre presentes em suas jóias. O espaço e tempo (fluído,não rígido),são indivisiveis.Desse pensamento nasceu um de seus quadors maisfamosos, chamado a "Persistência da Memória" (1931),que apresenta um relógio se desfazendo. Na joalheria, Dalí reproduziu essa idéia através de um relogio de ouro adornado com pedras preciosas (1950), que expressa a fluidez do tempo.
Os tempos antropomórficos são outra constante em sua coleção. Ele concede formas humanas  a plantase animais , e vice-versa. Seja nas pinturas ,nos diamantes, nos rubis, nas pérolas, nas esmeraldas, no ouro ou no crisopásio, percebemos essa metamorfose que ocorre nos sonhos quando os seres humanostornam-se flores e árvores e atingem a perfeição.
A frivolidade de suas jóias é aparente, mas elas devem ser levadas a sério. Em todas elas sempre há um conceito a ser transmitido, mesmoque de forma bizarra e bem humorada.É como acontece, por exemplo, em seus brincos em forma de telefone.Eles "expressam a velocidade dos meios de comunicaçãomodernos; a esperança e o perigo dos intercâmbios de pensamentos repentinos",como esplicou Dalí certa vez.
Para se entender um pouco de sua obra, é necessário levar em conta que ela não foi criada apenas para ser vista e agradar e agradar o observador. Segundo o mestre do surrealismo, ela também pretende elevar a alma, despertar a imaginação e expressar convicções.Portando, a função dessas peças só é atingida perante um público que realmente é capaz de ver verdadeiramente. O espectador é o artista final,com seu coração e sua mente, que ajudando a alcançar um nívelde compreesão maior ou menor da intençaõ principal do artista, que foi dar vida a suas criações.Por isso elas devem sobrepor-se ao valor material de sua matéria prima .No caso de Dalí, seu design é sua própria razão de ser.

O artista e seu legado
A segunda guerra Mundial e a invasão da França pela Alemanha forçaram Salvador Dalí a mudar-se para os Estados Unidos. Lá ele tornou-se uma celebridade, mostrando seu talento e todo o seu ladoexibicionista. Seus grandes bigodes arrebitados , suas frases polêmicas e seu jeito de showman o fizeram popular perante o público do mundo inteiro.
O período de 1929 a 1939 é considerado o auge de sua longa carreira. Grande parte de suas obras mais famosas são desse periodo,como "Persistência da memória" de 1931, e "O sonho" do mesmo ano. Grande parte de suas criações foram influenciadas por Gala Eluard, que se tornou sua esposa, musa inspiradoura e empresária. A notória ganância dessa mulher é tida como un dos motivos da dexadência de qualidade das obras de Dalí, pois o levou a banalizar a si mesmo.Entre 1941 1958, o artista criou e supervisionou a xonfecção de todas as jóias que levaram seu nome. O projeto contou com o financiamento da Fundação Catherwood Bryn Mawr, detentora do direitos das obras. Em 1958,  a entidade acabou vendendo o acervo à fundação Owen Cheatham, que , até 1970,adquiriu outras peças de Dalí. Posteriormente elas foram alocadas na Virginia Museum of fine Arts, de Richmond. Em 1973, elas retornaram a Dalí: foram expostas entre agosto e setembro de 1973 em seu museu.
O museu Salvador Dalí foi fundado em 1973, com o objetivo de abrigar a obra do artista catlçao em sua cidade natal.Porem, ainda não seria dessa vez que as jóias permaneceriam neste espaço.Elas percorreram um longo caminho ate retornar ao museu. Em 1981um magnata saudita, Akram Ojek, comprou toda a coleção e doou a sua própria fundação, TAG Oeuvres dArtS.A Em 1986,foi a vez de outro milionário, o japonês Masao Nangaku,comprar as jóias e expô-las no Minami Jewels Museum, em Kamakura.
nessa época Dalí estava envolvido com escândalos sobre a falsificação de suas obras. Segundo as denúncias, o artista teria assinado vários papéis em branco,sabendo que eles poderiam ser utilizados com essa finalidade. Sem a apoio da mulher , Gala, que faleceu em 1982, Dalí morreu em 1989, em total reclusão. Seu corpo está enterrado no Museu Dalí, em FIgueras, Espanha, para onde retornariam seus tesouros montados em ouro e pedras preciosas. Para sorte dos fãs do artista, a Fundação Gala Salvador Dalí conseguiu readquirir as jóias. Em 2001, finalmente elas retornaram ao Museu Dalí, onde hoje o grande público pode apreciar todo seu esplendor.
"Unicorn" - criatura mítica, o unicórnio é símbolo de pureza. Através da imagem do chifre do unicórnio atravessando o coração, Dalí buscou retratar a pureza do amor.


"Triunphant Elephant" - o elefante era para Dalí o símbolo do futuro e uma de suas imagens favoritas. Ao mesmo tempo robusto e frágil, o elefante simbolizava o contraste entre passado e modernidade.


"Triunphant Angel" - para Dalí, nada era mais estimulante do que a idéia de um anjo! Por volta do final da década de 40, quando ele começou a introduzir elementos de tempo, gravidade e transcendência em sua obra, os anjos tornaram-se também figuras recorrentes.
twitter: @sbrincos
TEL: 011-89067694

11 comentários:

  1. Esse olho é fantástico, foge do tradicional. Por isso me encanta tanto as suas peças. Gosto de peças diferentes.

    ResponderExcluir
  2. MUITO INTERESSANTE ESSA SUA POSTAGEM SOBRE SALVADOR DALI E MUITO LINDAS AS JOIAS.SERIA INTERESSANTE VER DE PERTO ESSAS MARAVILHAS NÃO É.AMEI SABER UM POUCO MAIS DE JOIAS, QUERO DESEJAR A VOCE UM ANO NOVO CHEIO DE REALIZAÇÕES E QUE O SENHOR POSSA ABENÇOAR SUA MENTE E SUAS MAÕS PARA QUE POSSA CONTINUAR CRIANDO MUITAS MARAVILHAS.BJUS FÁTIMA

    ResponderExcluir
  3. demais!!! muitoo interessante saber mais sobre jóias e suas genialidades, rsrs!! Boas festas!!

    OBS: Aproveito pra avisar estou te seguindo e te linkei no meu blog, se der, me linka tb!! beijinhos

    http://deinhamoura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ei anjinho Rogério, já estou participando do sorteio e te seguindo, você me segue também???? Vou ficar tão feliz de sermos amigos?????
    "GANHAR ESTE BRINCO E COLAR ROGÉRIO RINALDI, MAIS ESTA NECESSAIRE RECHEADA DE PRODUTOS, SÓ AQUI AQUI NO DOCECABANNA!!!"

    Bela
    Anjinhas de Gloss
    anjinhasdegloss@gmail.com
    Boa Esperança - MG
    Estou de asinhas cruzadas, boa sorte prá mim.
    Bjks. Bela.
    www.anjinhasdegloss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Suas peças são lindas.. PARABENS pelo trabalho
    adorei o seu blo
    ja estou seguindo e participando do sorteio la no blog doce e cabanna .
    beijos

    LaraLúcia
    www.leslisperles.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Faça seus anúncios gratuitos conosco www.classificadostop10.com.br Marcelo

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso seu blog. Já estou seguindo!!! Quando tiver um tempinho visita o meu. Beijo, Thalita - www.bolsadeaguaquente.blogsport.com

    ResponderExcluir
  8. Adoro Dali, mas não conhecia essa sua faceta. Magnífico trabalho!!!Muito legal seu blog, parabéns. Bjs

    ResponderExcluir
  9. OBRIGADA PELA VISITA , JÁ ESTOU SEGUINDO SEU BLOG, ESSAS PEÇAS SÃO UMAS OBRAS DE ARTE. ÓTIMA TARDE...

    ResponderExcluir
  10. Nossa, não sabia disso. São peças 'fantasticas', mesmo! E um conceito que até hoje não é muito bem compreendido.
    ;)
    Um bjo!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a visita de voces no meu blog,

    www.ciciliafotos.blogspot.com

    Quando vi essas peças douradas, fiquei imaginando uma águia para o mue noivo, ele ama águias!

    um abraço!

    ResponderExcluir